uma rotina para aprender a programar

A ideia é organizar uma rotina para aprender a programar e citar plataformas que podem contribuir com o conteúdo em cada uma das etapas.

Acredito que devemos construir uma rotina que aborde várias situações que formar as habilidades de programar. Por isso, em cada uma das etapas vou citar algumas ferramentas, mas o importante é ter em mente que devemos escolher uma plataforma por etapa para não andarmos em círculo.

O meu objetivo com esse artigo é expor um plano de estudo que deve se adequar a realidade de cada um. Conforme a quantidade de tempo que cada um disponibilizar.

1 — Fundamentos de Programação

Nessa etapa estão os conceitos, os fundamentos e a lógica de programação de forma organizada conforme a plataforma que escolher.

A trilha Programação da Khan Academy:

Essa trilha apresenta os fundamentos do desenvolvimento web em javascript e aplica diversos testes bem completos.

A trilha Discover da Rocketseat:

Essa trilha é bem interessante pois possibilita configurar o próprio ambiente e realizar as tarefas no seu computador e isso é o dia a dia de um programador.

São quatro blocos de muito conteúdo.

Para esse período, sugiro uma hora de dedicação por dia. Todas as opções que citei apresentam os conceitos e instruem a prática logo em seguida.

2 — Tutorial

A segunda etapa é seguir um tutorial para construir uma aplicação completa. Mesmo que com menor complexidade mas já será possível ter ao final, um programa completo e realizando as tarefas que deseja.

Nessa etapa, a sensação ao final é o mais interessante de visualizar ao funcionando, mesmo que resultado de um passo a passo, que você quem criou.

A trilha Maratona Discover Edição 1 e Edição 2

Maratona Discover

São dois projetos completos envolvendo todos as etapas do desenvolvimento de uma aplicação além de muito conteúdo de soft skills.

Um curso da Udemy — Curso de React:

Curso React

Esse curso é muito interessante pois aborda os fundamentos de javascript e react com pequenos projetos, com uma didática muito cuidadosa. Vale muito a pena.

Mas pode ser outro curso que esteja alinhado ao conteúdo escolhido para aprender. Dependendo, no momento, seria possível apenas os cursos gratuitos, não importa. O que importa nessa etapa, é ter tutorial de aplicações interessantes. Pode pesquisar por clone de aplicações no Youtube. Tem bastante coisa interessante.

3 — Teste de programação

Essa etapa é muito interessante e um divisor de águas. Para processos seletivos e para aperfeiçoar o raciocínio em solucionar problemas treinar com questões é uma atividade parte que ao avançar nos testes, dará uma percepção de melhoria de capacidade de raciocínio muito gostosa e interessante de perceber.

Por isso, vou citar as duas que uso.

A academia de código HackerRank:

A academia de código CodeWars:

As duas tem um processo de apresentar os testes, modo de correção e modelo de gameficação bem semelhantes e muito interessantes. E a maioria dos processos seletivos utilizam de mecanismos semelhantes nas etapas de testes de programação.

4 — Processo Seletivo

Essa etapa é treinar na vida real em processos seletivos. Quer dizer, preencher currículo, preencher plataformas, participar de entrevistas, gravar áudios, gravar petches de apresentação entre outros desafios que somente estando em processo de seleção é possível conhecer.

Para isso, vou citar algumas que tem modelos muito interessantes e disponibilizam informações muito legais para quem está começando e precisa saber mais sobre para onde ir e como.

Então, entrar na plataforma, fazer os testes, se candidatar a uma vaga, se dedicar ao processo, auto-avaliar, medir o progresso e medir o avanço são ações importantes que vão permitir receber feedback, conhecer pessoas mais experientes, conhecer pessoas que você pode ajudar, se envolver em comunidades de tecnologia.

Ahhh, pesquisa se na sua região tem comunidades de programação, pesquisa por comunidades de programação ai perto de você. Vá nesses eventos, presencial ou online, conforme o momento. Isso é muito bom. Sensação de coletivo no mesmo propósito.

Continuando …

5 — Inglês

A ideia é inserir o estudo de inglês na rotina diária e para isso, acredito ser bem interessante duas plataformas. Uma é para ter input de conteúdo e para visualizar progresso e a outra é para aprender um método de estudar e ter conteúdo para estudar.

A plataforma Duolingo:

Nessa plataforma o mais interessante é que consegue visualizar o progresso da consistência.

O curso Mairo Vergara:

Esse curso tem um pdf que explica como você deve organizar seus estudos de inglês, a rotina, as etapas e como estudar e como aprender. Alinhado as fontes de estudos que orienta. Vale muito. Depois é só dedicação e seguir o plano de estudos.

Abrindo um espaço para ressaltar uma questão importante,

Consistência

… acredito que a chave está em mudar de “se” para “quando”. Entender essa diferença dará muito mais disciplina para conseguir o que planeja conseguir.

Pronto. Terminado o plano de treino de código. Mas para rodar esse fluxo diariamente, alguns itens devem estar definidos.

A — Escolher uma linguagem de programação: Eu escolhi o javascript e o universo ao seu redor. Então, react, node e conforme for avançando, até ter confiança nas habilidades, sugiro seguir UM norte para não andar em círculos.

B — Criar um perfil no Github: Uma das melhores sensações para qualquer programador é justamente terminar um projeto e compartilhá-lo com algum familiar, amigos ou até mesmo com a comunidade. Portanto, durante o seu aprendizado, coloque tudo em prática em um projeto seu e o compartilhe! Dessa forma podemos pegar um feedback de programadores mais experientes.

C — Criar um perfil no Linkedin: Durante o seu aprendizado, coloque tudo em prática em um projeto seu e o compartilhe ao final do dia com detalhes do que fez, está fazendo.

D — Ensinar o que aprendeu: Talvez exista algum bloqueio para se expor com vídeos no YouTube, mas pode ser através de textos, áudios. Procure uma forma de ensinar o que está aprendendo. É uma ferramenta poderosíssima de perceber o quanto está sabendo.

Utilizo o Medium para escrever alguns artigos, utilizo o Github para compartilhar código de treinamentos que faço. Posto os links das aplicações hospedados no meu Linktree. E sempre que possível, compartilho nos perfils das minhas redes sociais alguns desses links.

Quem sabe em breve, faço canal no Youtube. Mas é plano ainda. Todas os meus perfis são @douglasabnovato.

Outro ponto é que, mudar a ordem de cada uma das etapas conforme o dia, foi uma coisa interessante. Então, ao invés de fazer 1, 2, 3, 4 e 5 todos os dias. Eu comecei a fazer segunda e quarta 1, 2, 3, 4 e 5, e terça e quinta 4, 5, 1, 2 e 3. E conforme completava a semana, a gente começa entender o que gera mais energia.

Esse artigo ficou menor que os demais, mas a intenção é tratar situações mais específicas nesse tipo de tema técnico e prático. Tomara que tenha gostado, aplauda o artigo! Até o próximo artigo e ótimos códigos.

--

--

--

Developer Frontend Web — Javascript | ReactJS https://linktr.ee/douglasabnovato

Love podcasts or audiobooks? Learn on the go with our new app.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store
douglasabnovato

douglasabnovato

Developer Frontend Web — Javascript | ReactJS https://linktr.ee/douglasabnovato

More from Medium

Chrome Dinosaur Game 🎮 Using 📜 JavaScript! | Kaboom.Js 💥 Tutorial #3

The Hidden Beauty of API Abuse

The materialize css drop-down list

JavaScript ES12 Features — ECMAScript 2021